» 
Arabic Bulgarian Chinese Croatian Czech Danish Dutch English Estonian Finnish French German Greek Hebrew Hindi Hungarian Icelandic Indonesian Italian Japanese Korean Latvian Lithuanian Malagasy Norwegian Persian Polish Portuguese Romanian Russian Serbian Slovak Slovenian Spanish Swedish Thai Turkish Vietnamese
Arabic Bulgarian Chinese Croatian Czech Danish Dutch English Estonian Finnish French German Greek Hebrew Hindi Hungarian Icelandic Indonesian Italian Japanese Korean Latvian Lithuanian Malagasy Norwegian Persian Polish Portuguese Romanian Russian Serbian Slovak Slovenian Spanish Swedish Thai Turkish Vietnamese

definition - Região_Metropolitana_da_Baixada_Santista

definition of Wikipedia

   Advertizing ▼

Wikipedia

Região Metropolitana da Baixada Santista

                   
Região Metropolitana da Baixada Santista
Localização
Unidade federativa  São Paulo
Lei Lei Complementar Estadual 815/96
Data da criação 19 de julho de 1996
Número de municípios 9
Cidade-sede Santos
Características geográficas
Área 2 422,776 km²[1]
População 1 678 513 hab. (15º) Estimativa IBGE/2011[2]
Densidade 692,81 hab./km²
IDH 0,817 (10º) – elevado PNUD/2000[3]
PIB R$ 39.992.891,000 mil IBGE/2009[4]
PIB per capita R$ 24.988,70 IBGE/2009[4]

A Região Metropolitana da Baixada Santista foi criada mediante Lei Complementar Estadual 815, em 30 de julho de 1996, tornando-se a primeira região metropolitana brasileira sem status de capital estadual. Estende-se sobre municípios pertencentes tanto à Mesorregião de Santos (sobreposta à Microrregião de Santos) quanto à Mesorregião do Litoral Sul Paulista (mais precisamente, à Microrregião de Itanhaém). Todos os municípios da Região Metropolitana integram o litoral de São Paulo.

Índice

  Área territorial

2.422,776 km² (corresponde a menos de 1% da superfície do estado).

  Demografia

É a terceira maior região do estado em termos demográficos, com uma população de cerca de 1,6 milhão de moradores fixos, segundo dados de 2011.[5] Nos períodos de férias, acolhe igual número de pessoas, que se instalam na quase totalidade em seus municípios.

  Municípios

  Mapa dos municípios da Baixada Santista.
Município Área(km2)[6] População[5][7] PIB em 2008(R$)[4] IDH[8]
Bertioga Bertioga 491,701 48.996 665 977 000 0,792
Cubatão Cubatão 142,281 119.519 5 786 553 000 0,772
Guarujá Guarujá 142,589 292.743 3 429 098 000 0,788
Itanhaém Itanhaém 599,017 88.213 824 091 000 0,779
Mongaguá Mongaguá 143,171 47.152 447 405 000 0,783 *
Peruíbe Peruíbe 326,214 60.412 614 539 000 0,783 *
Praia Grande Praia Grande 149,079 267.306 2 780 735 000 0,796
Santos Santos 280,300 419.509 22 546 134 000 0,871
São Vicente São Vicente 148,424 334.663 2 898 356 000 0,798
Total 2422.776 1.678.513 39 992 891 000 0,817

* Peruíbe aparece na frente de Mongaguá por possuir média 0,758 contra 0,754 entre os rankings de 1991 e 2000.

  Aspectos econômicos

A região caracteriza-se pela grande diversidade de funções presentes nos municípios que a compõem. Além de contar com o parque industrial de Cubatão e o Complexo Portuário de Santos, ela desempenha outras funções de em nível estadual, como as atividades industrial e de turismo, e outras de abrangência regional, como as relativas aos comércios atacadista e varejista, ao atendimento à saúde, educação, transporte e sistema financeiro. Têm presença marcante ainda na região as atividades de suporte ao comércio de exportação, originadas pela proximidade do complexo portuário.

  Santos, a cidade sede da Baixada Santista. Ao fundo, à direita, parte do skyline do Guarujá.

Com aproximadamente 13 km de cais, quase 500 mil m² de armazéns, o Porto de Santos, maior e mais importante complexo portuário da América do Sul, movimenta anualmente 76 milhões de toneladas, entre carga geral, líquidos e sólidos a granel e mais de 40% do movimento nacional de contêineres, ou seja, de cada cinco contêineres embarcados ou desembarcados na costa brasileira, dois passam pelo Porto de Santos. Para o Estado de São Paulo, a presença do Porto representa enorme avanço econômico, permitindo o direcionamento de grande parcela de suas atividades industriais e agrícolas para o suprimento de mercados internacionais.

  Produto Interno Bruto (PIB)

  Siderúrgica na cidade de Cubatão.

As atividades industriais, localizadas predominantemente em Cubatão, importante pólo siderúrgico em escala regional, assim como as portuárias em Santos e as ligadas ao comércio, serviços e atividades de turismo e veraneio têm reflexos diretos na economia da região e respondem pela geração de um Produto Interno Bruto de R$ 41,2 bilhões (IBGE/2008), o que representa 3,2% do PIB do estado de São Paulo.[4]

O turismo também tem grande participação no PIB da região, quesito que inclui todas as cidades da Região Metropolitana, tendo para vários atrativos naturais e culturais. Com a Camada pré-sal situada na Bacia de Santos o PIB da região tende a aumentar gradativamente de forma robusta.

  Parque Tecnológico

O parque da Baixada Santista ficará localizado entre os bairros do Valongo e Vila Mathias e será voltado às áreas de petróleo, gás natural, porto, tecnologia da informação, meio ambiente e logística. As empresas que já manifestaram interesse em fazer parte do empreendimento são a Petrobrás, a Usiminas e iniciativas especializadas em TI[9].

A prefeitura de Santos (SP) estima investimento inicial de R$ 50 milhões nas obras das duas unidades-âncora do futuro parque tecnológico de Santos, que atenderá sobretudo a cadeia de petróleo e gás da Bacia de Santos. São elas um núcleo do Centro de Pesquisas (Cenpes) da Petrobras e a própria sede do parque tecnológico. Para o entorno dessas duas instalações serão atraídas as empresas fornecedoras da operação de exploração e produção de óleo e gás[10].

  Aspectos urbanos

  A intensa mancha urbana formada pela conurbação da Grande São Paulo (centro) e pela Baixada Santista (ao sul).

O crescimento exacerbado em Santos, Cubatão e Guarujá, aliado a outras atividades geradoras de emprego nos setores de comércio e serviços, provocou um movimento altamente pendular em direção a outros municípios, com melhores condições de habitabilidade e espaço disponível.

Os municípios de São Vicente e Praia Grande e o distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá, adquiriram características de cidades-dormitório, apresentando intensa conurbação entre si, só prejudicada pela presença de restrições de ordem física, que os impedem, aqui e ali, de apresentar uma mancha urbana contínua. Apesar da sua função portuária, importante para um crescente intercâmbio em face do processo de globalização, e de constituir sede do expressivo pólo siderúrgico e da indústria de turismo, a RMBS apresenta problemas comuns aos grandes aglomerados urbanos, como os relacionados com a questão ambiental, carência de infra-estrutura, saneamento ambiental, transporte e habitação.

  Malha rodoviária

Sistema Anchieta (SP–150) – Imigrantes (SP – 160): liga o Planalto ao Litoral. Rodovia Caiçara (SP– 55): liga a Cônego Domênico Rangoni (antiga Piaçagüera-Guarujá) ao Guarujá, Vicente de Carvalho e Bertioga. Rodovia Padre Manuel da Nóbrega (SP– 55), já duplicada em seu trecho inicial: estabelece o elo entre Cubatão, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. Rodovia Ariovaldo de Almeida Viana (SP–61): estende-se desde a zona urbana do Guarujá até a balsa, que dá acesso ao município de Bertioga, que é ligado ao Planalto (Mogi das Cruzes) através da Rodovia Dom Paulo Rolim Loreiro (SP–98).

  Ponte Santos-Guarujá

O complexo de 4,6 km, sendo 1 km de ponte estaiada, irá beneficiar não só os 24 mil veículos que passam todo dia pela balsa, mas também os cerca de um milhão de pessoas que vivem em Santos, São Vicente e Guarujá[11].

  Túnel submerso Santos - Guarujá

A ligação seca entre as cidades de Santos e Guarujá, no litoral paulista, será realizada por um túnel de aproximadamente 900 m de extensão. De acordo com o Governo do Estado de São Paulo, o projeto previsto inicialmente para a construção da ponte foi descartado porque a altura máxima permitida na região, pela proximidade com a Base Aérea, é de 75 m. No entanto, a ponte deveria ter pelo menos 85 m de altura para atender ao gabarito do Porto de Santos, inviabilizando o projeto[12].

  VLT Santos - São Vicente

O governo do estado de São Paulo vai implantar o Veículo Leve sobre Trilho (VLT) da Baixada Santista. Na primeira fase, a obra ligará os municípios de Santos e São Vicente, num trajeto de 15 quilômetros. A expectativa é que essa etapa do empreendimento custe R$ 660 milhões. Este projeto integra pacote de R$ 5,3 bilhões de investimentos anunciados para a Baixada Santista. O aporte abrange as áreas de educação, saúde, segurança, turismo e transportes[13].

  Transportes

  Rodovia dos Imigrantes, uma das mais modernas rodovias do Brasil.

  Educação

A Baixada Santista apresenta grande concentração de instituições de ensino em suas cidades centrais: São Vicente, Santos e Praia Grande, embora toda a região possua boa estrutura educacional. Os principais centros de ensino superior da Região Metropolitana são:

RMBS - Ensino Superior
Praia Grande Faculdade Alfa
Guarujá Faculdade Don Domênico
Praia Grande Fals
Santos Fatec Baixada Santista
Praia Grande Fatec Praia Grande
Cubatão IFSP
Peruíbe UAB
Guarujá Unaerp
São Vicente UNESP
Itanhaém Praia Grande Uni10
São Vicente UniBR
Santos UNIFESP
Santos Unilus
Santos Unimes
Santos Unimonte
Praia Grande São Vicente Unisa
Santos Unisanta
Santos Unisantos
Praia Grande Uniube
Itanhaém Universidade Metodista
São Vicente Unopar
Santos USP

  Ver também

Portal A Wikipédia possui o
Portal de São Paulo

  Ligações externas

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  2. Estimativa Populacional 2011. Estimativa Populacional 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01 de julho de 2011). Página visitada em 02 de setembro de 2011.
  3. Ranking decrescente do IDH-M das regiões metropolitanas do Brasil. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 27 de junho de 2008.
  4. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 06 maio 2012.
  5. Referenzfehler: Ungültiger <ref>-Tag; es wurde kein Text für das Ref mit dem Namen SIDRA angegeben.
  6. http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_dos_munic%C3%ADpios_do_estado_de_S%C3%A3o_Paulo_por_%C3%A1rea
  7. [1]
  8. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  9. Governo do Estado de São Paulo. Parque Tecnológico de Santos entra no SPTec. Página visitada em 26 de setembro de 2011.
  10. Portos e Navios. Parque tecnológico terá aporte inicial de R$ 50 mi. Página visitada em 26 de setembro de 2011.
  11. Governo do Estado de São Paulo. Governo de SP anuncia projeto para ponte entre Santos e Guarujá. Página visitada em 14 de março de 2010.
  12. PINIweb. Governo de SP anuncia projeto para ponte entre Santos e Guarujá. Página visitada em 13 de agosto de 2011.
  13. Investe SP. SP anuncia construção de VLT entre Santos e São Vicente. Página visitada em 13 de agosto de 2011.
   
               

 

All translations of Região_Metropolitana_da_Baixada_Santista


sensagent's content

  • definitions
  • synonyms
  • antonyms
  • encyclopedia

  • definiçaõ
  • sinónimo

Dictionary and translator for handheld

⇨ New : sensagent is now available on your handheld

   Advertising ▼

sensagent's office

Shortkey or widget. Free.

Windows Shortkey: sensagent. Free.

Vista Widget : sensagent. Free.

Webmaster Solution

Alexandria

A windows (pop-into) of information (full-content of Sensagent) triggered by double-clicking any word on your webpage. Give contextual explanation and translation from your sites !

Try here  or   get the code

SensagentBox

With a SensagentBox, visitors to your site can access reliable information on over 5 million pages provided by Sensagent.com. Choose the design that fits your site.

Business solution

Improve your site content

Add new content to your site from Sensagent by XML.

Crawl products or adds

Get XML access to reach the best products.

Index images and define metadata

Get XML access to fix the meaning of your metadata.


Please, email us to describe your idea.

WordGame

The English word games are:
○   Anagrams
○   Wildcard, crossword
○   Lettris
○   Boggle.

Lettris

Lettris is a curious tetris-clone game where all the bricks have the same square shape but different content. Each square carries a letter. To make squares disappear and save space for other squares you have to assemble English words (left, right, up, down) from the falling squares.

boggle

Boggle gives you 3 minutes to find as many words (3 letters or more) as you can in a grid of 16 letters. You can also try the grid of 16 letters. Letters must be adjacent and longer words score better. See if you can get into the grid Hall of Fame !

English dictionary
Main references

Most English definitions are provided by WordNet .
English thesaurus is mainly derived from The Integral Dictionary (TID).
English Encyclopedia is licensed by Wikipedia (GNU).

Copyrights

The wordgames anagrams, crossword, Lettris and Boggle are provided by Memodata.
The web service Alexandria is granted from Memodata for the Ebay search.
The SensagentBox are offered by sensAgent.

Translation

Change the target language to find translations.
Tips: browse the semantic fields (see From ideas to words) in two languages to learn more.

last searches on the dictionary :

6240 online visitors

computed in 0.094s

   Advertising ▼

I would like to report:
section :
a spelling or a grammatical mistake
an offensive content(racist, pornographic, injurious, etc.)
a copyright violation
an error
a missing statement
other
please precise:

Advertize

Partnership

Company informations

My account

login

registration

   Advertising ▼